Controvérsia sobre a integração de um menor no GIRL CRUSH

kpop Brasil

Controvérsia sobre a integração de um menor no GIRL CRUSH

GIRL CRUSH é conhecido por seu conteúdo sexy criado especificamente para adultos, então a integração de Hayun gerou um grande burburinho.

GIRL CRUSH Hayun KPOPLAT GIRL CRUSH Hayun KPOPLAT

Coreia do Sul

O fato de os ídolos do K-Pop continuarem a estrear em uma idade jovem continua a ser um tópico de discussão, já que a comunidade em geral discorda em grande parte de que os menores são expostos ao trabalho, possível sexualização e muito mais. Porém, um dos casos mais graves está acontecendo com o grupo GIRL CRUSH.

GIRL CRUSH é um grupo feminino fundado em 2019 com quatro integrantes: Taeri, Zia, Bomi e Yuka. Estes se destacaram desde o início por serem um grupo com um conceito maduro e provocativo, focado principalmente em conteúdo adulto, tanto em seus palcos, quanto em ensaios fotográficos e imagens públicas de seus integrantes.

Assim, após a saída de Yuka, os rumores foram imediatos de que um novo membro se juntaria à formação do GIRL CRUSH, o que mais tarde foi confirmado com um post no Twitter apontando para a estreia de Hayun, uma jovem trainee ainda menor de idade.

Hayun, nascido no ano de 2005 é um ex-membro do BABA & BLAZE. Isso está relacionado ao GIRL CRUSH porque ela participou de uma de suas apresentações quando tinha apenas 14 anos. Logo depois disso, Hayun abandonou a escola para perseguir seu sonho de ser dançarina.

No entanto, os inocentes covers de dança de grupos de K-pop tornaram-se um tanto problemáticos, já que a jovem vem adicionando conteúdo inapropriado na forma de sessões de fotos e fancams; isso enquanto supostamente se preparava para sua estréia com GIRL CRUSH.

Com a notícia, as redes sociais explodiram de raiva, pois os internautas não só apontam para a gravadora HW Entertainment por considerar a sexualização e exposição de uma menor, como também exigem a presença dos pais de Hayun, que não só permitiram a saída da adolescente da escola, mas também permitiriam que ela se juntasse ao GIRL CRUSH, o controverso grupo conhecido por seu conceito sexy e certamente inadequado para alguém tão jovem.

Com isso, a HW Entertainment divulgou um comunicado explicando vagamente que Hayun é atualmente apenas um trainee. A empresa argumentou que não há planos de estreá-la no GIRL CRUSH tão cedo, mas que quando ela atingir a maioridade, eles poderão trabalhar em sua inclusão no grupo.

No entanto, as acusações contra a empresa continuam, pois há muita indignação pelo simples fato de estarem treinando um menor para fazer conteúdo adulto, tanta pressão foi exercida que a HW Entertainment chegou a desativar suas contas de rede social assim como grupo.

O que você pensa sobre essa situação?

Te puede interesar

Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments