KPOP-LAT

Kpop, música, noticias, espectáculos, latinoamerica, fans

Conheça os comentários feitos contra idols que podem gerar um processo judicial

Os advogados do Kpop explicam quais comentários contra idols podem fazer com que você seja processado!

Os ídolos do kpop, por serem figuras públicas, enfrentam duras palavras das pessoas, frases às vezes degradantes ou difamatórias. Por isso, ultimamente, muitas empresas têm se incumbido de iniciar ações judiciais contra os chamados ‘Comentários Maliciosos‘.

Mas a questão para muitos é: quando um comentário malicioso de um anti-fã ou hatter se transforma em um ato criminoso? Dois advogados veteranos do K-Pop explicaram o que pode fazer com que você receba uma ação judicial de uma empresa ou artista.

Ko Seung Woo e Jeong Chong Myeong são os mais experientes na indústria e trabalharam para os membros do Wanna One, Kim Soo Hyun, Seo Ye Ji e outros.

Jeong Chong Myeong explicou que quando as empresas tomam medidas legais contra um comentário malicioso, os casos costumam ser processos por difamação de caráter.

“Em termos simplesmente mortais, difamação é quando alguém publica falsas declarações sobre alguém, como se fossem um fato, e essa declaração prejudica a reputação, as finanças e a saúde emocional da vítima. Comentários maliciosos também são crimes” – Jeong Chong Myeong

Claro, saber exatamente qual comentário constitui um crime não é fácil, por isso foi perguntado se seria um crime dizer: Não quero ver ídolos polêmicos na TV

“Se, por exemplo, alguém dissesse que “os ídolos A e B namoraram e A engravidou”, isso seria considerado uma declaração como um fato. Se o autor da postagem original soubesse que a afirmação não era verdadeira, estaria cometendo um ato de difamação. É sobre fatos.” – Jeong Chong Myeon

Por outro lado, explico que dizer coisas como “esse novo álbum é uma [email protected]” ou “Não quero ver ídolos polêmicos” não é crime.

“Não foi o que aconteceu, mas apenas uma expressão da sua opinião, pelo que a difamação não pode ser estabelecida.” – Jeong chong myeong

Mas e se o comentário ou boato não tiver a intenção de causar danos?

Normalmente o artista ou sua empresa terá que mostrar que o comentarista sabia que o que estavam dizendo era mentira ou que demonstrou total indiferença de alguma forma

Normalmente o artista ou sua empresa terá que mostrar que o comentarista sabia que o que estavam dizendo era mentira ou que demonstrou total indiferença de alguma forma existem áreas cinzentas que dificultam provar ou refutar as más intenções. Contudo, existem brechas que dificultam provar ou refutar as más intenções.

Ko Seung Woo, explicou que o caso pode favorecer o idol se a publicação incluir palavrões, embora o advogado ou juiz deva dar sua opinião se constitui um ‘desacato ou calúnia’. Um palavrão deixa mais do que claro que a intenção é maliciosa.

“Esse é um padrão claro, portanto, do lado do reclamante, é o melhor!” – Ko Seung Woo

Nos siga para não perder as novidades do mundo do kpop!

Acesse também a nossa página do Facebook e fique de olho nas interações que acontecem por lá!

Outros assuntos que também possam te interessar:

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *